O remédio da serenidade

O remédio da serenidade

Médicos descobrem que controlar o stress e as emoções é essencial para tratar o Mal de Parkinson.

19/06/08

serenidade







A vida de dona Afra Maria de Albuquerque mudou quando o filho dela se separou. A nora foi morar nos Estados Unidos e levou junto o seu neto. “A saída do meu neto foi uma coisa que veio e me pegou muito forte. Eu não tinha mais vontade de fazer nada, só queria ficar deitada”, lembra a costureira.


Alguns anos depois, dona Afra ficou doente, com Mal de Parkinson. Para os médicos, a doença pode ser causa e conseqüência de um grande trauma. Nos últimos anos, pesquisas vêm comprovando que stress, depressão, ansiedade e medo estão diretamente relacionados ao aparecimento do Mal de Parkinson.

Esse estado emocional, segundo as pesquisas, leva o organismo a produzir substâncias tóxicas, que destroem as células nervosas e dificultam o nascimento de novas células. Isso acontece numa parte do cérebro que facilita os movimentos, e por isso o doente passa a sofrer de rigidez no corpo, tremores, e pode ter dificuldade para se equilibrar, andar e falar.

Cícero Galli Coimbra, neurologista da Universidade Federal de São Paulo, explica que a doença está associada a uma predisposição genética, mas que mudar o comportamento pode ser decisivo pra evitá-la ou tratá-la. “É fundamental que essa pessoa aprenda modificar a sua reatividade emocional, a se reeducar emocionalmente, procurando a se transformar numa pessoa serena, tranqüila, se possível até numa pessoa feliz”, afirma ele. “E é fundamental que essa pessoa não tema a doença, porque o medo da doença provoca sofrimento”.

Dona Afra aderiu à mudança de atitude. Além de tomar remédios, ela decidiu ajudar as crianças de uma creche: passou a costurar para elas, e a sorrir. A doença regrediu. “Quando vem a primavera eu começo os vestidos, aqueles vestidinhos enfeitadinhos, cheio de fitas, rendinhas. É tanta coisa bonita…”, ela conta, alegre. E aconselha: “O paciente tem que ter auto-estima e estar sempre firme”.


disponivel em

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: