Aborto legalizado e transplantes de fetos

Quando escrevi sobre o PNDH3 estava vendo isso por detrás do decreto que faz do ”direito” de  matar um artificio falsificando direitos humanos. O  que vi são as empresas que estarão a crescer, transplantes e só acontecem com a carne humana que vive e tem batimento cardíaco. Aqui não há moral nem etica nem direito. Vivo com os  abandonados por causa da velhice, seus familiares aguardam nossa morte e pagam casas particulares, outro comercio da saúde, porque não existe saúde publica. Agora os jovens ah crianças em desenvolvimento também são abandonadas. A Rússia vai alterar as leis e provavelmente passar a punir o aborto. Enquanto isso, no Brasil, o PNDH3 quer aborto livre e a profissionalização da prostituição. São burros os autores do PNDH3, não existe assistencia pública Á saúde no Brasil.

 
“Um comércio estabelecido existe entre as clínicas de aborto russo e laboratórios de investigação médica na Europa. Pelo menos uma empresa francesa de cosméticos compra de tecido fetal para colágeno em produtos de beleza. (Fonte: “101 usos para um bebê (ou vivem) Dead”, pelo Dr. O. Fairfax) Nos Estados Unidos, clínicas e hospitais de abastecimento de tecido fetal para os laboratórios. Um prémio é colocado sobre o frescor dos tecidos. Fetos abortados no segundo trimestre são considerados como fornecendo o material de    melhor qualidade. Alguns médicos têm desenvolvido técnicas de aborto que minimizam os danos ao tecido e órgãos. Prostaglandina é considerado para fornecer o melhor meio de garantir um corpo intacto no segundo trimestre. Mais sobre o comércio de restos fetal pode ser lido aqui .”
 
 
The Remains of the Aborted Foetus | The Life Resources Charitable Trust
 
 
 
The Remains of the Aborted Foetus
In New Zealand, most abortion clinics offer the option of taking one’s aborted foetus home for burial in the belief that it will help couples to find a spiritual and emotional “closure.”
  • The majority of foetal remains are incinerated with medical waste.
  • Foetal remains of late-term abortions are being sought for research, organs and cosmetics.
  • Opponents of using aborted foetuses for medical experiments claim that it is a throwback to Nazi medical experi- mentation.
  • The general practice is not to inform women undergoing induced abortions that the foetus will be harvested for its tissue.
  • Some doctors have developed abortion techniques that minimise damage to the tissue and organs.
In New Zealand the majority of foetal remains are incinerated along with medical waste, but some are taken home in plastic containers for burial.In the United States and Western and Eastern Europe, where later abortion is more common, disposal is increasingly seen as wasteful when body parts can be harvested for medical research, organ transplants and even beauty products.The development of 3D/4D ultrasound technology shown on the 2004 BBC documentary “My Foetus”, has brought a sharper focus on the “humanity” of the foetus in the first and second trimester, and the poignancy of its death through abortion.

Take-home Burials
In New Zealand, most abortion clinics offer the option of taking one’s aborted foetus home for burial. The women and her partner are encouraged to create a ritual and bury the foetus in a favourite place. This, it is suggested, will give “some sort of completion to help your healing.” (Post Termination Information – Epsom Day Unit)”The occasional delivery of a fetus with a heartbeat, suggests that fetal death occurs close to the time of abortion. Therefore, it seems likely that the fetal tissues so obtained might be suitable for organ transplants, for growing and attenuating viruses for vaccines and for basic research. The report on second-trimester (Prostin F1 Alpha) abortions, demonstrates that fetal tissues are viable and that representative enzymes are not altered significantly by the abortion technique.”
The Ethics of Experimentation
Professor Gareth Jones, head of anatomy and structural biology at the University of Otago discussed the use of foetal tissue at the Bioethics Summer Seminar held at Otago University in February, 1998. (This article was published in ?Ethics Notes’ Issue No.2, May 1998, by the Health Research Council of New Zealand.)The debate over the use of foetus for experimental purposes starts with the status of the foetus. Even people who are not opposed to abortion have a problem with the issue of experimentation on the human embryo or foetus.
Selling Foetal Body Parts
An established trade exists between Russian abortion clinics and medical research laboratories in Europe. At least one French cosmetic company buys foetal tissue for collagen in beauty products. (Source: “101 Uses for a Dead (or live) Baby” by Dr. O. Fairfax)In the United States, clinics and hospitals supply foetal tissue to laboratories.A premium is placed on the freshness of the tissue. Foetuses aborted in the second trimester are regarded as supplying the best quality material.Some doctors have developed abortion techniques that minimise damage to the tissue and organs. Prostaglandin is considered to provide the optimum means of ensuring an undamaged body in the second trimester. More on the trade in foetal remains can be read here.

Ova and Ovarian Tissue Use in IVF Treatments
In 1993, a British fertility scientist at Edinburgh University, Dr Roger Gosden, proposed the use of ovarian tissue, including ova, be taken from aborted female foetuses to treat infertile women. Read more here.Read Aborted babies cremated with animals.
 
 
 
“Um comércio estabelecido existe entre as clínicas de aborto russo e laboratórios de investigação médica na Europa. Pelo menos uma empresa francesa de cosméticos compra de tecido fetal para colágeno em produtos de beleza. (Fonte: “101 usos para um bebê (ou vivem) Dead”, pelo Dr. O. Fairfax) Nos Estados Unidos, clínicas e hospitais de abastecimento de tecido fetal para os laboratórios. Um prémio é colocado sobre o frescor dos tecidos. Fetos abortados no segundo trimestre são considerados como fornecendo o material de    melhor qualidade. Alguns médicos têm desenvolvido técnicas de aborto que minimizam os danos ao tecido e órgãos. Prostaglandina é considerado para fornecer o melhor meio de garantir um corpo intacto no segundo trimestre. Mais sobre o comércio de restos fetal pode ser lido aqui .”
 
 
 
Um comércio estabelecido existe entre as clínicas de aborto russo e laboratórios de investigação médica na Europa. Pelo menos uma empresa francesa de cosméticos compra de tecido fetal para colágeno em produtos de beleza. (Fonte: “101 usos para um bebê (ou vivem) Dead”, pelo Dr. O. Fairfax)Nos Estados Unidos, clínicas e hospitais de abastecimento de tecido fetal para os laboratórios. Um prémio é colocado sobre o frescor dos tecidos. Fetos abortados no segundo trimestre são considerados como fornecendo o material de melhor qualidade.Alguns médicos têm desenvolvido técnicas de aborto que minimizam os danos ao tecido e órgãos. Prostaglandina é considerado para fornecer o melhor meio de garantir um corpo intacto no segundo trimestre. Mais sobre o comércio de restos fetal pode ser lido aqui .

 
 
 
 

3 Respostas

  1. […] Aborto legalizado e transplantes de fetos […]

    […] O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito. […]

    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/14/pode-o-juiz-autorizar-um-aborto-por-pe-luiz-carlos-lodi-da-cruz/
    Publicado em agosto 23, 2011 por Cristiane Rozicki
    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito. PNDH3: Programa Nacional de Direitos Humanos, o PNDH3 de Lula e Dilma para ser colocado em execução em 2011. Essa transformação é a revolução ao contrario, quer dizer, é contraria a democracia. O Estado Democrático de Direito tem três poderes iguais em força
    https://objetodignidade.wordpress.com/category/fim-do-estado-de-direto-pndh3/

    Pode o juiz autorizar um aborto? – Por Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/14/pode-o-juiz-autorizar-um-aborto-por-pe-luiz-carlos-lodi-da-cruz/

    A inconstitucionalidade da tramitação de legislação legalizadora do aborto no Brasil por Celso Galli Coimbra
    A inconstitucionalidade da tramitação de legislação legalizadora do aborto no Brasil por Celso Galli Coimbra
    Dr. Celso Galli Coimbra
    Advogado OABRS 11352
    disponível em:
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2008/11/22/a-inconstitucionalidade-da-tramitacao-de-legislacao-legalizadora-do-aborto-no-brasil/

    Tráfico de órgãos é terceiro crime organizado mais lucrativo no mundo, segundo Polícia Federal. Veja mais detalhes em Biodireito Medicina sobre este crime internacional e o Brasil.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/10/27/trafico-de-orgaos-e-terceiro-crime-organizado-mais-lucrativo-no-mundo-segundo-policia-federal-veja-mais-detalhes-em-biodireito-medicina-sobre-este-crime-internacional-e-o-brasil/

    Tráfico de órgãos pode movimentar US$ 13 bilhões por ano
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/10/24/trafico-de-orgaos-pode-movimentar-us-13-bilhoes-por-ano/

    Industria do aborto BLOOD MONEY the multi-million dollar abortion industry
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/09/13/industria-do-aborto-blood-money-the-multi-million-dollar-abortion-industry/

    Aborto legalizado e transplantes de fetos
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/28/aborto-legalizado-e-transplantes-de-fetos/

    Brasil é lanterna em investimento na saúde
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-e-lanterna-em-investimento-na-saude/
    INDUSTRIA DA MORTE. Aborto: Dinheiro de Sangue. Saiba por que sua “legalização” é tão importante no Brasil

    Aborto: Dinheiro de Sangue. Por que sua “legalização” é tão importante no Brasil?
    06/11/2010 — Celso Galli Coimbra
    __
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2010/11/06/aborto-dinheiro-de-sangue-por-que-sua-legalizacao-e-tao-importante-no-brasil/
    ” Este vídeo mostra os enormes lucros proporcionados pela promoção do aborto e, portanto, quais as razões de tantos interesses ocultados, especialmente estrangeiros, quererem sua legalização: nada tem a ver com a alardeada “saúde pública”, mas com investimento em uma indústria genocida altamente lucrativa e em expansão a qualquer preço, que precisa primeiro – para continuar em crescimento – impedir a punição dos profissionais da saúde e dos hospitais que se envolverem com suas atividades. Aqui no Brasil, o partido político formalmente comprometido com estes interesses é o PT – Partido dos Trabalhadores – de Lula e Dilma, visto que o Estatuto deste partido manda seus filiados aceitarem e defenderem a “legalização” do aborto no Brasil. Vale tudo para os mal informados eleitores, em especial, mentir, quando por exemplo, é utilizada a batida retórica: “pessoalmente sou contra o aborto, mas devo considerar o aborto uma questão de saúde pública”. Tanto Lula quanto Dilma usaram deste expediente e enganaram muitos de seus eleitores. Assista este e também o outro vídeo indicado no link ao final. Se quiser aprofundar o assunto, leia os artigos e capítulos publicados em meios de interesse público, que indicamos junto. ”

    Celso Galli Coimbra
    OABRS 11352


    —-

    Melhor prevenir do que remediar. Prevençao e Cura de doenças neurodegenerativas e autoimunitarias é real.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/06/melhor-prevenir-do-que-remediar-prevencao-e-cura-de-doencas-neurodegenerativas-e-autoimunitarias-e-real/

    Prevençao e Cura de doenças neurodegenerativas e autoimunitarias, é cuidado de baixo custo. Trata-se da medicina preventiva. Este é o tratamento que os brasileiros precisam na saúde publica.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/07/04/prevencao-e-cura-de-doencas-neurodegenerativas-e-autoimunitarias/

    Nos países eslavos, a população movimenta-se para que o governo forneça as vitaminas, especialmente a D. Nos EUA, os cientistas requerem ao governo – ver a Times -, a suplementação de vitamina D para assegurar a população do desenvolvimento de varias doenças, alem da esclerose múltipla, o cancro, as diabetes e outras doenças autoimunitarias. Custa mais caro, em termos de desperdício em recursos financeiros e humanos, deixar uma nação com altos índices de pessoas doentes, do que investir na Medicina Preventiva e oferecer uma dieta verdadeiramente saudável.

    Baixos índices de vitamina D no sangue estão diretamente associados ao estresse emocional ou sofrimento. Em casos de doenças auto-imunitárias, tais como a esclerose múltipla, artrite reumatoide, psoriase, hipertireoidismo, hipotireoidismo, lupus, vitiligo, por exemplo, existe deficiência de vitamina D confirmada em exames de sangue.

    Vitamina D.

    o “Comentário: a principal razão pela qual a medicina atual desdenha estes importantes conhecimentos médicos já antigos e com ampla fundamentação na história recente da medicina e confirmados em vários países, através de diversas publicações”

    o Informações médicas sobre a prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas e autoimunes, como Parkinson, Alzheimer, Lupus, Psoríase, Vitiligo, depressão~

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/category/doencas-autoimunes/
    —-

    O que é possível dizer em breves palavras, já oferece um quadro preocupante. A insuficiência de vitamina D tem desenvolvido muitas doenças que já são aceitas como “comuns” e, no entanto, todas graves. Os médicos vêm apresentando pesquisa que aponta o aumento de epidemias em todo planeta, por causa da falta de investimento dos governos em saúde preventiva com suplementação da vitamina D.

    O aumento da Deficiência de vitamina D geralmente apresenta deformidade óssea (raquitismo) ou hipocalcemia na infância, e com dor músculo-esquelética e fraqueza em adultos.

    Muitos outros problemas de saúde, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, vários tipos de câncer, e auto-imunes condições foram recentemente associados com insuficiência de vitamina D.

    O status da vitamina D é mais confiável determinada pelo ensaio de soro de 25-hidroxivitamina D (25-OHD).

    O espectro dessas doenças comuns é particularmente preocupante porque os estudos observacionais têm demonstrado que a insuficiência de vitamina D, Raquitismo em crianças e osteomalacia em adultos são as manifestações clássicas de deficiência de vitamina D profunda. Nos últimos anos, no entanto, aparecem doenças não músculo-esqueléticas condições incluindo câncer, síndrome metabólica, infecciosas e doenças autoimunes, esclerose múltipla também foram encontrados associados com baixos níveis de vitamina D. O Aumento da prevalência de distúrbios ligados à deficiência de vitamina D, é refletida no aumento do numero de crianças doentes.

    Epidemias crescem se não for dada nutrição adequada e suplementos á toda população. Este é o cuidado que o governo brasileiro deve ter com todas as pessoas, indistintamente, em todas as idades.

    Dilma e Lula não sabem disso, e desde 2008 favorecem pesquisas com células de embriões e abortos [ver Fim do Estado de direito, PNDH3].

    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/23/o-pndh-3-preve-a-liberacao-de-crimes-fim-do-estado-de-direito/

    Brasil é lanterna em investimento na saúde
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-e-lanterna-em-investimento-na-saude/

    Importancia da vitamina D e do metabolismo
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/29/importancia-da-vitamina-d-e-do-metabolismo/

    Essas doenças graves sequer teriam desenvolvido nas pessoas, se existisse o cuidado com a medicina preventiva com a suplementação da vitamina D.

    Os médicos vêm apresentando pesquisa que aponta o aumento de epidemias em todo planeta, por causa da falta de investimento dos governos em saúde preventiva com suplementação da vitamina D.

    Vitamin D deficiency: a global perspective https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/vitamin-d-deficiency-a-global-perspective/

    Deficiência de vitamina D: uma epidemia global
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/deficiencia-de-vitamina-d-uma-epidemia-global/

    Symposium: Vitamin D Insufficiency: A Significant Risk Factor in Chronic Diseases and Potential Disease-Specific Biomarkers of Vitamin D Sufficiency Vitamin D Intake: A Global Perspective of Current Status
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/symposium-vitamin-d-insufficiency-a-significant-risk-factor-in-chronic-diseases-and-potential-disease-specific-biomarkers-of-vitamin-d-sufficiency-vitamin-d-intake-a-global-perspective-of-current-s/

    Brasil ainda investe pouco em saúde País investe apenas 8,7% do valor arrecadado com impostos em saúde. Número é inferior ao de países como Argentina, Chile e Venezuela Um estudo realizado pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (USP)
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-ainda-investe-pouco-em-saude

  2. […] Aborto legalizado e transplantes de fetos […]

    Você já se perguntou o que as clínicas de aborto fazem dos bebês abortados? Você já se perguntou como essas clínicas ganham dinheiro extra? Você já se perguntou por que pró-abortistas insistem em manter o procedimento de aborto de nascimento parcial legal?

    Ever wonder what abortion clinics do with aborted babies? Ever wonder how the clinics make extra money? Ever wonder why pro-abortionists insist on keeping the Partial-birth abortion procedure legal?
    Fetal Harvesting

    Aborto: Dinheiro de Sangue. Por que sua “legalização” é tão importante no Brasil?
    06/11/2010 — Celso Galli Coimbra
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2010/11/06/aborto-dinheiro-de-sangue-por-que-sua-legalizacao-e-tao-importante-no-brasil/#comment-1127

    Colheita Fetal

    Pela primeira vez, ouvir um informante revela como os bebês (às vezes ao vivo) são colhidas a partir de clínicas de aborto para revenda. Cortesia da dinâmica da vida.

    Você já se perguntou o que as clínicas de aborto fazem dos bebês abortados? Você já se perguntou como essas clínicas ganham dinheiro extra? Você já se perguntou por que pró-abortistas insistem em manter o procedimento de aborto de nascimento parcial legal?Artigos recentes sobre colheita Fetal
    Julho 1999

    Peças do bebê à venda
    Um lote de olhos pela UPS – 30 fígados por FedEx

    Por J. C. Willke, MD

    Depois de lutar contra o aborto há 30 anos eu pensei que tinha visto e ouvido tudo, mas não é assim.

    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/03/20/baby-parts-for-sale-recent-articles-on-fetal-harvesting/

    Sign Up for Free Pro-Life News From LifeNews.com

    http://www.lifenews.com/2010/05/20/state-5108/

    Abortion in U.S. a $1 billion industry: study
    May 4th, 2010
    By Rick DelVecchio
    Abortion in the United States has become a $1 billion-a-year industry quietly fostered over 40 years by a climate that is allowing related, morally suspect commercial offshoots to develop in pharmaceuticals, cosmetics and life sciences, a new study alleges.

  3. >Bancos, comercio macabro: investimentos no tráfico de recursos, orgaos e tecidos humanos
    26/06/2011 — Celso Galli Coimbra

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2011/06/26/bancos-comercio-macabro-investimentos-no-trafico-de-recursos-e-de-tecidos-humanos/
    Assista: vídeo no endereço:
    http://www.youtube.com/user/biodireitobioetica#p/u/12/4mKdOo7Vhy0
    A reportagem do Programa “60 minutes” mostra a decisiva participação de bancos nos financiamentos e investimentos no tráfico de recursos e tecidos humanos, incluso no terceiro crime organizado mais lucrativo do mundo, o tráfico de órgãos humanos.
    Apenas um corpo humano pode somar um lucro de 200 mil dólares. Esta indústria …

    Impossibilidade de legalização do aborto no Brasil desde sua proibição constitucional de ir à deliberação pelo Poder Legislativo « Celso Galli Coimbra – OABRS 11352

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2008/11/22/impossibilidade-de-legalizacao-do-aborto-no-brasil-desde-sua-proibicao-constitucional-de-ir-a-deliberacao-pelo-poder-legislativo/

    Aborto legalizado e transplantes de fetos

    […] Aborto legalizado e transplantes de fetos […]

    […] O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito. […]

    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/14/pode-o-juiz-autorizar-um-aborto-por-pe-luiz-carlos-lodi-da-cruz/
    Publicado em agosto 23, 2011 por Cristiane Rozicki
    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito. PNDH3: Programa Nacional de Direitos Humanos, o PNDH3 de Lula e Dilma para ser colocado em execução em 2011. Essa transformação é a revolução ao contrario, quer dizer, é contraria a democracia. O Estado Democrático de Direito tem três poderes iguais em força

    Pode o juiz autorizar um aborto? – Por Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/14/pode-o-juiz-autorizar-um-aborto-por-pe-luiz-carlos-lodi-da-cruz/

    A inconstitucionalidade da tramitação de legislação legalizadora do aborto no Brasil por Celso Galli Coimbra
    Impossibilidade de legalização do aborto no Brasil desde sua proibição constitucional de ir à deliberação pelo Poder Legislativo « Celso Galli Coimbra – OABRS 11352
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2008/11/22/impossibilidade-de-legalizacao-do-aborto-no-brasil-desde-sua-proibicao-constitucional-de-ir-a-deliberacao-pelo-poder-legislativo/ Impossibilidade de legalização do aborto no Brasil desde sua proibição constitucional de ir à deliberação pelo Poder Legislativo « Celso Galli Coimbra – OABRS 11352
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2008/11/22/impossibilidade-de-legalizacao-do-aborto-no-brasil-desde-sua-proibicao-constitucional-de-ir-a-deliberacao-pelo-poder-legislativo/
    https://objetodignidade.wordpress.com/category/fim-do-estado-de-direto-pndh3/

    Tráfico de órgãos é terceiro crime organizado mais lucrativo no mundo, segundo Polícia Federal. Veja mais detalhes em Biodireito Medicina sobre este crime internacional e o Brasil.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/10/27/trafico-de-orgaos-e-terceiro-crime-organizado-mais-lucrativo-no-mundo-segundo-policia-federal-veja-mais-detalhes-em-biodireito-medicina-sobre-este-crime-internacional-e-o-brasil/

    Tráfico de órgãos pode movimentar US$ 13 bilhões por ano
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/10/24/trafico-de-orgaos-pode-movimentar-us-13-bilhoes-por-ano/

    Industria do aborto BLOOD MONEY the multi-million dollar abortion industry
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/09/13/industria-do-aborto-blood-money-the-multi-million-dollar-abortion-industry/

    Aborto legalizado e transplantes de fetos
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/28/aborto-legalizado-e-transplantes-de-fetos/

    Brasil é lanterna em investimento na saúde
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-e-lanterna-em-investimento-na-saude/
    INDUSTRIA DA MORTE. Aborto: Dinheiro de Sangue. Saiba por que sua “legalização” é tão importante no Brasil

    Aborto: Dinheiro de Sangue. Por que sua “legalização” é tão importante no Brasil?
    06/11/2010 — Celso Galli Coimbra
    __
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2010/11/06/aborto-dinheiro-de-sangue-por-que-sua-legalizacao-e-tao-importante-no-brasil/
    ” Este vídeo mostra os enormes lucros proporcionados pela promoção do aborto e, portanto, quais as razões de tantos interesses ocultados, especialmente estrangeiros, quererem sua legalização: nada tem a ver com a alardeada “saúde pública”, mas com investimento em uma indústria genocida altamente lucrativa e em expansão a qualquer preço, que precisa primeiro – para continuar em crescimento – impedir a punição dos profissionais da saúde e dos hospitais que se envolverem com suas atividades. Aqui no Brasil, o partido político formalmente comprometido com estes interesses é o PT – Partido dos Trabalhadores – de Lula e Dilma, visto que o Estatuto deste partido manda seus filiados aceitarem e defenderem a “legalização” do aborto no Brasil. Vale tudo para os mal informados eleitores, em especial, mentir, quando por exemplo, é utilizada a batida retórica: “pessoalmente sou contra o aborto, mas devo considerar o aborto uma questão de saúde pública”. Tanto Lula quanto Dilma usaram deste expediente e enganaram muitos de seus eleitores. Assista este e também o outro vídeo indicado no link ao final. Se quiser aprofundar o assunto, leia os artigos e capítulos publicados em meios de interesse público, que indicamos junto. ”

    Celso Galli Coimbra
    OABRS 11352


    —-

    Melhor prevenir do que remediar. Prevençao e Cura de doenças neurodegenerativas e autoimunitarias é real.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/06/melhor-prevenir-do-que-remediar-prevencao-e-cura-de-doencas-neurodegenerativas-e-autoimunitarias-e-real/

    Prevençao e Cura de doenças neurodegenerativas e autoimunitarias, é cuidado de baixo custo. Trata-se da medicina preventiva. Este é o tratamento que os brasileiros precisam na saúde publica.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/07/04/prevencao-e-cura-de-doencas-neurodegenerativas-e-autoimunitarias/

    Nos países eslavos, a população movimenta-se para que o governo forneça as vitaminas, especialmente a D. Nos EUA, os cientistas requerem ao governo – ver a Times -, a suplementação de vitamina D para assegurar a população do desenvolvimento de varias doenças, alem da esclerose múltipla, o cancro, as diabetes e outras doenças autoimunitarias. Custa mais caro, em termos de desperdício em recursos financeiros e humanos, deixar uma nação com altos índices de pessoas doentes, do que investir na Medicina Preventiva e oferecer uma dieta verdadeiramente saudável.

    Baixos índices de vitamina D no sangue estão diretamente associados ao estresse emocional ou sofrimento. Em casos de doenças auto-imunitárias, tais como a esclerose múltipla, artrite reumatoide, psoriase, hipertireoidismo, hipotireoidismo, lupus, vitiligo, por exemplo, existe deficiência de vitamina D confirmada em exames de sangue.

    Vitamina D.

    o “Comentário: a principal razão pela qual a medicina atual desdenha estes importantes conhecimentos médicos já antigos e com ampla fundamentação na história recente da medicina e confirmados em vários países, através de diversas publicações”

    o Informações médicas sobre a prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas e autoimunes, como Parkinson, Alzheimer, Lupus, Psoríase, Vitiligo, depressão~

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/category/doencas-autoimunes/
    —-

    O que é possível dizer em breves palavras, já oferece um quadro preocupante. A insuficiência de vitamina D tem desenvolvido muitas doenças que já são aceitas como “comuns” e, no entanto, todas graves. Os médicos vêm apresentando pesquisa que aponta o aumento de epidemias em todo planeta, por causa da falta de investimento dos governos em saúde preventiva com suplementação da vitamina D.

    O aumento da Deficiência de vitamina D geralmente apresenta deformidade óssea (raquitismo) ou hipocalcemia na infância, e com dor músculo-esquelética e fraqueza em adultos.

    Muitos outros problemas de saúde, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, vários tipos de câncer, e auto-imunes condições foram recentemente associados com insuficiência de vitamina D.

    O status da vitamina D é mais confiável determinada pelo ensaio de soro de 25-hidroxivitamina D (25-OHD).

    O espectro dessas doenças comuns é particularmente preocupante porque os estudos observacionais têm demonstrado que a insuficiência de vitamina D, Raquitismo em crianças e osteomalacia em adultos são as manifestações clássicas de deficiência de vitamina D profunda. Nos últimos anos, no entanto, aparecem doenças não músculo-esqueléticas condições incluindo câncer, síndrome metabólica, infecciosas e doenças autoimunes, esclerose múltipla também foram encontrados associados com baixos níveis de vitamina D. O Aumento da prevalência de distúrbios ligados à deficiência de vitamina D, é refletida no aumento do numero de crianças doentes.

    Epidemias crescem se não for dada nutrição adequada e suplementos á toda população. Este é o cuidado que o governo brasileiro deve ter com todas as pessoas, indistintamente, em todas as idades.

    Dilma e Lula não sabem disso, e desde 2008 favorecem pesquisas com células de embriões e abortos [ver Fim do Estado de direito, PNDH3].

    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/23/o-pndh-3-preve-a-liberacao-de-crimes-fim-do-estado-de-direito/

    Brasil é lanterna em investimento na saúde
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-e-lanterna-em-investimento-na-saude/

    Importancia da vitamina D e do metabolismo
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/29/importancia-da-vitamina-d-e-do-metabolismo/

    Essas doenças graves sequer teriam desenvolvido nas pessoas, se existisse o cuidado com a medicina preventiva com a suplementação da vitamina D.

    Os médicos vêm apresentando pesquisa que aponta o aumento de epidemias em todo planeta, por causa da falta de investimento dos governos em saúde preventiva com suplementação da vitamina D.

    Vitamin D deficiency: a global perspective https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/vitamin-d-deficiency-a-global-perspective/

    Deficiência de vitamina D: uma epidemia global
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/deficiencia-de-vitamina-d-uma-epidemia-global/

    Symposium: Vitamin D Insufficiency: A Significant Risk Factor in Chronic Diseases and Potential Disease-Specific Biomarkers of Vitamin D Sufficiency Vitamin D Intake: A Global Perspective of Current Status
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/symposium-vitamin-d-insufficiency-a-significant-risk-factor-in-chronic-diseases-and-potential-disease-specific-biomarkers-of-vitamin-d-sufficiency-vitamin-d-intake-a-global-perspective-of-current-s/

    Brasil ainda investe pouco em saúde País investe apenas 8,7% do valor arrecadado com impostos em saúde. Número é inferior ao de países como Argentina, Chile e Venezuela Um estudo realizado pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (USP)
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-ainda-investe-pouco-em-saude
    […] Aborto legalizado e transplantes de fetos […]

    […] O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito. […]

    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/14/pode-o-juiz-autorizar-um-aborto-por-pe-luiz-carlos-lodi-da-cruz/
    Publicado em agosto 23, 2011 por Cristiane Rozicki
    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito. PNDH3: Programa Nacional de Direitos Humanos, o PNDH3 de Lula e Dilma para ser colocado em execução em 2011. Essa transformação é a revolução ao contrario, quer dizer, é contraria a democracia. O Estado Democrático de Direito tem três poderes iguais em força

    Pode o juiz autorizar um aborto? – Por Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/14/pode-o-juiz-autorizar-um-aborto-por-pe-luiz-carlos-lodi-da-cruz/

    A inconstitucionalidade da tramitação de legislação legalizadora do aborto no Brasil por Celso Galli Coimbra
    https://objetodignidade.wordpress.com/category/fim-do-estado-de-direto-pndh3/

    Tráfico de órgãos é terceiro crime organizado mais lucrativo no mundo, segundo Polícia Federal. Veja mais detalhes em Biodireito Medicina sobre este crime internacional e o Brasil.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/10/27/trafico-de-orgaos-e-terceiro-crime-organizado-mais-lucrativo-no-mundo-segundo-policia-federal-veja-mais-detalhes-em-biodireito-medicina-sobre-este-crime-internacional-e-o-brasil/

    Tráfico de órgãos pode movimentar US$ 13 bilhões por ano
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/10/24/trafico-de-orgaos-pode-movimentar-us-13-bilhoes-por-ano/

    Industria do aborto BLOOD MONEY the multi-million dollar abortion industry
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/09/13/industria-do-aborto-blood-money-the-multi-million-dollar-abortion-industry/

    Aborto legalizado e transplantes de fetos
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/28/aborto-legalizado-e-transplantes-de-fetos/

    Brasil é lanterna em investimento na saúde
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-e-lanterna-em-investimento-na-saude/
    INDUSTRIA DA MORTE. Aborto: Dinheiro de Sangue. Saiba por que sua “legalização” é tão importante no Brasil

    Aborto: Dinheiro de Sangue. Por que sua “legalização” é tão importante no Brasil?
    06/11/2010 — Celso Galli Coimbra
    __
    http://biodireitomedicina.wordpress.com/2010/11/06/aborto-dinheiro-de-sangue-por-que-sua-legalizacao-e-tao-importante-no-brasil/
    ” Este vídeo mostra os enormes lucros proporcionados pela promoção do aborto e, portanto, quais as razões de tantos interesses ocultados, especialmente estrangeiros, quererem sua legalização: nada tem a ver com a alardeada “saúde pública”, mas com investimento em uma indústria genocida altamente lucrativa e em expansão a qualquer preço, que precisa primeiro – para continuar em crescimento – impedir a punição dos profissionais da saúde e dos hospitais que se envolverem com suas atividades. Aqui no Brasil, o partido político formalmente comprometido com estes interesses é o PT – Partido dos Trabalhadores – de Lula e Dilma, visto que o Estatuto deste partido manda seus filiados aceitarem e defenderem a “legalização” do aborto no Brasil. Vale tudo para os mal informados eleitores, em especial, mentir, quando por exemplo, é utilizada a batida retórica: “pessoalmente sou contra o aborto, mas devo considerar o aborto uma questão de saúde pública”. Tanto Lula quanto Dilma usaram deste expediente e enganaram muitos de seus eleitores. Assista este e também o outro vídeo indicado no link ao final. Se quiser aprofundar o assunto, leia os artigos e capítulos publicados em meios de interesse público, que indicamos junto. ”

    Celso Galli Coimbra
    OABRS 11352


    —-

    Melhor prevenir do que remediar. Prevençao e Cura de doenças neurodegenerativas e autoimunitarias é real.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/06/melhor-prevenir-do-que-remediar-prevencao-e-cura-de-doencas-neurodegenerativas-e-autoimunitarias-e-real/

    Prevençao e Cura de doenças neurodegenerativas e autoimunitarias, é cuidado de baixo custo. Trata-se da medicina preventiva. Este é o tratamento que os brasileiros precisam na saúde publica.
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/07/04/prevencao-e-cura-de-doencas-neurodegenerativas-e-autoimunitarias/

    Nos países eslavos, a população movimenta-se para que o governo forneça as vitaminas, especialmente a D. Nos EUA, os cientistas requerem ao governo – ver a Times -, a suplementação de vitamina D para assegurar a população do desenvolvimento de varias doenças, alem da esclerose múltipla, o cancro, as diabetes e outras doenças autoimunitarias. Custa mais caro, em termos de desperdício em recursos financeiros e humanos, deixar uma nação com altos índices de pessoas doentes, do que investir na Medicina Preventiva e oferecer uma dieta verdadeiramente saudável.

    Baixos índices de vitamina D no sangue estão diretamente associados ao estresse emocional ou sofrimento. Em casos de doenças auto-imunitárias, tais como a esclerose múltipla, artrite reumatoide, psoriase, hipertireoidismo, hipotireoidismo, lupus, vitiligo, por exemplo, existe deficiência de vitamina D confirmada em exames de sangue.

    Vitamina D.

    o “Comentário: a principal razão pela qual a medicina atual desdenha estes importantes conhecimentos médicos já antigos e com ampla fundamentação na história recente da medicina e confirmados em vários países, através de diversas publicações”

    o Informações médicas sobre a prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas e autoimunes, como Parkinson, Alzheimer, Lupus, Psoríase, Vitiligo, depressão~

    http://biodireitomedicina.wordpress.com/category/doencas-autoimunes/
    —-

    O que é possível dizer em breves palavras, já oferece um quadro preocupante. A insuficiência de vitamina D tem desenvolvido muitas doenças que já são aceitas como “comuns” e, no entanto, todas graves. Os médicos vêm apresentando pesquisa que aponta o aumento de epidemias em todo planeta, por causa da falta de investimento dos governos em saúde preventiva com suplementação da vitamina D.

    O aumento da Deficiência de vitamina D geralmente apresenta deformidade óssea (raquitismo) ou hipocalcemia na infância, e com dor músculo-esquelética e fraqueza em adultos.

    Muitos outros problemas de saúde, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, vários tipos de câncer, e auto-imunes condições foram recentemente associados com insuficiência de vitamina D.

    O status da vitamina D é mais confiável determinada pelo ensaio de soro de 25-hidroxivitamina D (25-OHD).

    O espectro dessas doenças comuns é particularmente preocupante porque os estudos observacionais têm demonstrado que a insuficiência de vitamina D, Raquitismo em crianças e osteomalacia em adultos são as manifestações clássicas de deficiência de vitamina D profunda. Nos últimos anos, no entanto, aparecem doenças não músculo-esqueléticas condições incluindo câncer, síndrome metabólica, infecciosas e doenças autoimunes, esclerose múltipla também foram encontrados associados com baixos níveis de vitamina D. O Aumento da prevalência de distúrbios ligados à deficiência de vitamina D, é refletida no aumento do numero de crianças doentes.

    Epidemias crescem se não for dada nutrição adequada e suplementos á toda população. Este é o cuidado que o governo brasileiro deve ter com todas as pessoas, indistintamente, em todas as idades.

    Dilma e Lula não sabem disso, e desde 2008 favorecem pesquisas com células de embriões e abortos [ver Fim do Estado de direito, PNDH3].

    O PNDH-3 PREVE A LIBERAÇÃO DE CRIMES, fim do Estado de Direito
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/23/o-pndh-3-preve-a-liberacao-de-crimes-fim-do-estado-de-direito/

    Brasil é lanterna em investimento na saúde
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-e-lanterna-em-investimento-na-saude/

    Importancia da vitamina D e do metabolismo
    https://objetodignidade.wordpress.com/2012/02/29/importancia-da-vitamina-d-e-do-metabolismo/

    Essas doenças graves sequer teriam desenvolvido nas pessoas, se existisse o cuidado com a medicina preventiva com a suplementação da vitamina D.

    Os médicos vêm apresentando pesquisa que aponta o aumento de epidemias em todo planeta, por causa da falta de investimento dos governos em saúde preventiva com suplementação da vitamina D.

    Vitamin D deficiency: a global perspective https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/vitamin-d-deficiency-a-global-perspective/

    Deficiência de vitamina D: uma epidemia global
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/deficiencia-de-vitamina-d-uma-epidemia-global/

    Symposium: Vitamin D Insufficiency: A Significant Risk Factor in Chronic Diseases and Potential Disease-Specific Biomarkers of Vitamin D Sufficiency Vitamin D Intake: A Global Perspective of Current Status
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/15/symposium-vitamin-d-insufficiency-a-significant-risk-factor-in-chronic-diseases-and-potential-disease-specific-biomarkers-of-vitamin-d-sufficiency-vitamin-d-intake-a-global-perspective-of-current-s/

    Brasil ainda investe pouco em saúde País investe apenas 8,7% do valor arrecadado com impostos em saúde. Número é inferior ao de países como Argentina, Chile e Venezuela Um estudo realizado pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (USP)
    https://objetodignidade.wordpress.com/2011/08/05/brasil-ainda-investe-pouco-em-saude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: